Pular para o conteúdo

Conteúdo

Blog

Últimas Notícias

Gestão de multas: Sua empresa faz esse processo corretamente?

Quem tem veículos rodando e motoristas trabalhando, eventualmente precisará fazer a gestão de multas. Isso porque as infrações de trânsito fazem parte de praticamente qualquer transportadora. Com a fiscalização cada vez mais presente nas estradas, é preciso tomar medidas para reduzir o impacto das multas.

A ideia mais importante é trabalhar para diminuir a ocorrência de infrações. Porém, quando elas acontecem, os gestores de frota também têm que ficar atentos para tomarem as devidas providências em tempo hábil.

Já ouviu falar em gestão de multas? Entenda mais e saiba como fazer na sua empresa!

O que é gestão de multas?

Quando um veículo da empresa recebe uma multa, o condutor responsável precisa ser identificado e o pagamento deve ser realizado pela companhia. Muitas vezes, a companhia tem a possibilidade de cobrar do funcionário o valor corresponde ao pagamento.

No entanto, se não há um controle, isso se torna problemático. Perder o prazo de identificação do condutor, atrasar o pagamento das multas e ter um número elevado de infrações são alguns dos problemas que uma empresa que não controla suas multas costuma enfrentar.

Fazer a gestão de multas significar atuar de maneira ativa para reduzir o número de infrações, educar os motoristas e realizar o controle financeiro das despesas desse tipo. Casos isolados podem não afetar o caixa da empresa, mas se o descontrole é algo recorrente, você certamente terá problemas.

A gestão de multas visa garantir que os prazos sejam cumpridos, o responsável pela multa identificado e a empresa tenha o menor custo possível com infrações de trânsito.

Como diminuir a ocorrência de infrações?

O propósito da gestão de multas não é apenas garantir que o condutor responsável arque com o valor dela, mas também reduzir a ocorrência de infrações. Ao saber quais veículos e quais colaboradores receberam mais multas, você pode agir assertivamente em medidas preventivas.

Treine seus motoristas para que eles respeitem o código de trânsito e, dessa maneira, não sejam penalizados. Frequentemente, essa é não apenas uma questão financeira, mas também de segurança e ética.

Por exemplo, exceder a velocidade permitida ou ultrapassar em local proibido pode não apenas gerar uma punição, mas também causar acidentes e colocar em risco o motorista e os demais usuários a via, além de comprometer o veículo e a carga.

Portanto, para evitar infrações, não existe outra saída: eduque e conscientize a sua equipe. Não se esqueça também de manter a manutenção da frota em dia e respeitar o limite de peso em todos os seus carregamentos.

Se a infração acontecer, como fazer a gestão de multas?

Mesmo com os esforços do gestor da frota, eventualmente as infrações acontecerão. Nesses casos, a gestão de multas trabalha para garantir que elas não gerem ainda mais transtornos. Assim que receber uma notificação, você deve:

  • registrar a ocorrência e começar a fazer a identificação do condutor;
  • controlar a chegada da multa, que deve acontecer em cerca de 30 dias;
  • analisar a possibilidade de recorrer e anular a penalidade;
  • enviar o protocolo para o motorista e verificar a devolução da identificação assinada pelo condutor responsável;
  • programar o pagamento da multa;
  • caso a política da sua empresa permita, tomar as medidas necessárias para garantir o reembolso por parte do funcionário;
  • criar estatísticas e indicadores relacionados ao número de multas e desenvolver políticas para reduzir esse valor.

E para ajudar na gestão de multas, todas essas informações podem ser alimentadas diretamente no sistema de gestão de frota da empresa.

Como vimos, a falta de organização no controle de multas pode gerar prejuízos e causar descontrole nas finanças. Em contrapartida, como resultado de uma boa gestão de multas, seu negócio pode ter diminuição do número de ocorrências e redução dos gastos.

Você já conhece a nossa página no LinkedIn? Não se esqueça de seguir para não perder nenhuma novidade!