Pular para o conteúdo

Praxio em

Revista

Você ainda contrata funcionário para emitir CTe?

Com os processos de automação do Globus, você não precisa se preocupar com o faturamento e ainda elimina os erros de digitação

 

A emissão de CTe (Conhecimento de Transporte Eletrônico) é uma das atividades fundamentais das empresas de transporte de cargas. Ele é o documento expedido exclusivamente por meio eletrônico, que garante juridicamente as operações de transporte.

O procedimento para a obtenção desse documento é trabalhoso e requer o preenchimento minucioso de uma série de dados. Por isso que o uso de um ERP é tão importante.

O Globus é preparado para cuidar de todas as necessidades e auxiliar o trabalho da empresa na parte burocrática. E, como os parâmetros são predefinidos, a possibilidade de erro é mínima e o processo se torna instantâneo.

Um dos nossos clientes, por exemplo, possuía dois funcionários que tinham como tarefa apenas a emissão de CTE de madrugada. Após a implementação dos processos de automatização do Globus, esses colaboradores puderam ser realocados para outras funções no período da manhã.

Geralmente, uma transportadora emite mais de 500 CTes por dia. É quase inviável realizar todo esse processo manualmente. Por isso, temos a automatização que reduz a burocracia, torna os processos mais e aumenta a segurança.

E os benefícios não param por aí! Você também pode agendar o faturamento. Basta realizar as devidas parametrizações e, nos dias e horários pré-determinados, o Gobus emitirá os boletos.

 

 

 

 

 

Você viu?

A brincadeira de criança que virou coisa séria, mas ainda assim encanta

Webinar – Alterações de Escala Diária (FRE+)

eSocial também é história de sucesso!